Cadeirante tesudo e amigo safado


BY: kaka57 Com receio que esse conto fique longo demais, vou resumi um pouco, ok? tentando não explicar tantos detalhes, mas foi uma das melhores trepadas da minha vida.
Conheci o Tiago, e o Paulo numa boate gay, que eu frequentava, a antiga HS, (Homo Sapiens) , la na alameda Itu, centro de São Paulo,eu era frequentador assiduo.
Ele estava sentado numa das mesas bem perto da entrada, a boate sempre estava lotada e era bem pequena.
Ele estava com alguns amigos , não sei quantos, mas eles iam e vinham, traziam bebidas para ele, brincavam com ele e pensei que ele fosse algum bad-boy, ou um tipo de chefe da turma, com seus suditos submissos, mas ele começou a me olhar fixo, eu fazia que não via, mas de vez em quando meus olhos iam para o lado dele e ele com os olhos fixos em mim, e sempre falando alguma coisa no ouvido de alguns amigos que passavam a ficar olhando para mim.
Isso foi rolando, e depois de umas duas horas, eu precisava ir ao banheiro mijar, sai do meu cantinho, fui me espremendo , no meio daquela galera agitada ,que dançavam feitos loucos; quando passei na frente dele, ele estende a mão, me chamando. Eu passei batido, fui me embrenhando, no meio da galera e cheguei ao banheiro, como sempre cheio , varios caras se pegando, mas enfim eu consegui me aliviar.
Na volta, queria ficar de novo onde estava, e esperava que conseguisse um espaçinho na escada, passando de novo na frente do Tiago, um dos amigos dele me segura pelo braço, me fala no ouvido, que ele queria falar comigo, eu olhei bem na cara dele e perguntei, porque então ele não se levanta e vem falar comigo pessoalmente, ai vem o tapa na minha cara; ele me diz que o cara era cadeirante, não conseguia andar. Eu fiquei sem graça, pedi desculpas, ele insiste, se iria falar com ele ou não. eu concordei e o cara pega na minha mão e me conduz ate o Tiago, quando ele me viu,abriu um sorrisão lindo, alias ,ele era lindo, de perto percebi, como era bonito. Cabelos meio compridos, castanhos dourados, um bigode bonitinho estilo frances,com as pontinhas laterais viradinhas para cima, os olhos eu só consegui saber depois, mas eram castanhos . Pede para um dos seus amigos abrir um espaço para eu poder sentar do lado dele. E começamos a conversar, aquela coisa de sempre quando estamos caçando um parceiro para a cama. Nos apresentamos, ele muito educado, e sempre com um sorriso lindo nos labios, ele me fala que infelizmente sofreu um acidente de carro e ficou sem movimento nas pernas, mas que ele não se sentia diminuido por isso, tanto que curtia tudo e normalmente, só precisando de alguma ajuda em certas situações.
Percebi tambem que os braços dele eram muito fortes e comentei isso. E cada vez mais eu ficando fascinado por aquele homem guerreiro, ele devia ter pouco mais que trinta anos, eu estava com uns vinte e tres anos.
Ficamos conversando numa boa.
La pelas tres e meia da madrugada, ele me convida para ficarmos juntos naquela noite, eu olho meio surpreso para ele , mas no fundo , no fundo eu estava mais querendo isso mesmo. Ele mais que depressa me explica que só não tem os movimentos das pernas o resto funciona e muito bem, e da uma risada gostosa.
Eu tambem sorrio meio sem graça, mas confirmo que sim com a cabeça. Ele passa o braço pelo meu ombro, me puxa e me tasca um beijão delicioso e longo, só interrompido pela zueira dos amigos dele,nos vendo naquele beijão.
E ele conversa com seus amigos e todos concordam em irmos embora dali, ele me pergunta se eu me incomodaria e aceitaria que um dos seus amigos estivesse junto,porque seria necessario alguem auxilia-lo. Eu fiquei meio sem graça de novo, mas concordei, seria meu primeiro ménage à trois, comecei a vibrar por dentro, eu com aquele homem lindo e mais um, achei que fosse ate muita areia para o meu caminhãozinho.
Um dos amigos dele se aproxima,se apresenta, seu nome era Paulo, me pede para levantar e dar espaço para eles, o Tiago foi se ajeitando com os braços, e o Paulo se abaixa passa um dos braços por baixo das pernas e o outro braço nas costas do Tiago e o ergue, o Paulo era um moreno claro, cabelos negros, rosto quadrado , masculo, olhos negros, e com braços fortes tambem. Fomos saindo da boate e todo mundo ficou olhando a cena, o Tiago rindo muito, ele ainda estica o braço para mim e fica procurando e pedindo minha mão; Ja na calçada, colocam o Tiago em pé, e ele fica se segurando nos ombros do Paulo, um carro para diante de nós e o Paulo vai abrindo a porta da frente e acomoda o Tiago no banco, o Paulo me manda entrar pela porta de tras e logo em seguida entra tambem, e se senta ao meu lado, finalmente abre um sorriso e me diz um "tudo bem gatinho, como voce é pequenininho" e se enclina e me beija, eu começei a ficar tremulo, e o carro foi seguindo seu caminho,depois de uma meia hora o carro parou, e Paulo mais que depressa pega o Tiago no colo se despede do amigo que estava dirigindo que nem sei o nome, porque ele pouco falou,o Paulo me da as chaves e manda eu ir abrindo o portão , a porta, e senta o Tiago no sofa e e vai conferir se esta tudo tranquilo no resto da casa, o Tiago me pede para sentar ao lado dele e começamos a nos beijar , nos acariciar, o Paulo volta e comenta, que achava que a noite iria ser muito boa com um tezãosinho desses, se referindo a mim.
O Paulo comandava tudo como se fosse um militar, mas eu estava adorando ser comandado por um macho daqueles.
Fomos para um quarto nos fundos da casa, era um quarto de hospedes, Paulo abre os armarios pega lençois, travesseiros , arrumamos a cama, e ele foi buscar o Tiago, e o leva direto pela porta do banheiro, senta o Tiago no vaso sanitario, e me avisa que iriamos tomar um banho gostoso.
o Paulo tira a camiseta, tira as calças, ficando só de cueca, e que corpão, magro, sequinho, pernas e braços fortes.Começa a tirar a roupa do Tiago que ja estava arrancando a camisa, tirou tudo deixou o Tiago peladão, apesar das pernas mais afinadas pela deficiencia, o tronco dele era forte, os braços fortes, e um pau delicioso, mole ja era lindo, tamanho normal, mas muito gostoso,todo branquinho, cabeça rosada; o Paulo liga o chuveiro, põe um banquinho de plastico em baixo, arranca a cueca, e deixa a mostra um pau minusculo, tava mole, então fiquei na minha, pega o Tiago, leva ate o chuveiro senta ele no banquinho e começa a dar banho nele,Tiago me chama para dentro do box que era como uma parede de vidro , um box grande, e eu arranco minha roupa rapidinho e me junto a eles, foi alucinante, Tiago fica de pau duro, começa a bolinar no do Paulo, me abraça , me lambe, o Paulo vai nos revesando em baixo da agua, e me acaricia tambem, Aaaaai que visão impressionte e deliciosa, o pau do Paulo começa a ficar duro, e aquilo vai crescendo, e vai crescendo e inchando e inchando, virou um cacetão , mais escuro que a pele dele, lindo, pesado, que ficava ate curvado para baixo, o Tiago pega e leva aquele caralhão na boca e chupa feito louco, e me manda experimentar, fica segurando o pauzão do Paulo e fica olhando eu abocanhar aquilo tudo, pego no pau do Tiago e fico apalpando, mas eu engasgo com aquela vara enorme, o Tiago ri muito e volta a suga-lo, o tesão tava rolando forte, O Tiago, me chama me provocando, para quem eu ia dar primeiro, ou quem eu queria comer primeiro,eu mais que depressa falei que ia dar para ele, que talvez não iria aguentar aquele cacetão do Paulo. Ele me puxa, me faz ir sentando no pau dele, e sem camisinha mesmo eu dei gostoso, o Paulo ficava ajudando o Tiago apoiando o corpo dele e nos acariciando tambem, eu segurei no pau do Paulo e fui me deliciando nele, lambia , chupava, e eu ralando a rosca no pau do Tiago.
O Tiago pede para irmos para a cama, e o Paulo, mais que depressa , pega o Tiago e o ergue e vai levando ele para a cama, volta da uma geral no box e segura o meu queicho , me beija com força, me chama de gostosinho. desliga o chuveiro , me pega pela mão e me leva para a cama, Tiago esta deitado, mas o pau dele duro , ficava reto apontando para cima. eu subo na cama, e vou direto para cima do Tiago, molho meu cu com saliva e sento no pau dele e dou um trato naquela pica dura.
O Paulo, se encaixa no Tiago e fica tentando penetra-lo mas fica dificil, O Paulo então tenta penetrar em mim, mas eu não ia aguentar dois de uma vez só e o do Paulo sendo enorme. Para salvar a situação, tirei o pau do Tiago de dentro de mim, e deixei o rabo livre para o Paulo, ele sem demora cospe na cabeça do pau dele e vem que vem, entrou a cabeça, e ele empurrando com força, eu começei a gemer e dar uns gritinhos, mas não entrava mais não, ele da uma estocada, entrou mais, mas aquele cacetão me alargou tanto que começou a doer, o Tiago percebendo minha cara de dor, pediu para o Paulo, não forçar, que iria me machucar, e pediu para o Paulo, meter nele que ja estava acostumado .
O Paulo manda eu deitar de bruço, e empinar bem a bunda, ele vira o Tiago ajeita ele, e conduz o pau do Tiago para o meu cu, e se apoiando com os braços o Tiago fica por cima de mim, o Paulo enfia e desliza o pau do Tiago para dentro de mim, o Paulo fica de joelhos na cama, e eu não conseguia ver como ele apoiava o corpo do Tiago , eu só sentia os empurrões que o Paulo provocava metendo no Tiago, que gemia muito, falava palavões,, as mãos do Paulo as vezes vinha por baixo de nós e se certificava que o pau do Tiago estava dentro de mim, , só sei que o Paulo metia forte no Tiago, que ja estava gemendo muito alto e falando palavrões.
O Paulo deu uma acelerada furiosa, começou a gemer alto e berrou quando gozou, deu uma estocada profunda ,tanto que nesse empurrão senti o pau do Tiago se enterrando mais ainda no meu cu. O Paulo sai de tras do Tiago e vem com aquele cacetão todo melado de porra e deixa a nossa disposição, o Tiago pede para lambe-lo, e eu tambem viro a cabeça e ajudo a lambe-lo, o Paulo se aproxima bem de nós dois que deu para eu lamber um pouco o saco e a virilha.
Ele volta a deitar o Tiago na cama, e manda eu fazer o Tiago gozar, eu sento no pau dele de novo e começo a bombar com força, o Paulo deita do lado e fica passando o dedo no meu cu, e pau do Tiago. Eu fico de cocoras e o Paulo vibra , fica de joelho e segura minha bunda, e ajuda no vai e vem, me chama de putinha, safado, entre outros e o Tiago gemendo muito, ele começa num ai, ai ,ai, ai cada vez mais alto, e acaba num aaaaaaaaaaaaaa, fechando os olhos com força e agarrando minhas coxas e me fazendo sentar para entrar ate o talo. o Paulo começa a se esfregar nas minhas costas e me acariciar, me abraça e pega no meu pau e pergunta qual deles eu queria comer . eu sem graça afasto a mão dele do meu pau e começei a bater uma punheta, ele segura minha mão e manda eu escolher, eu falei que só queria gozar e estaria tudo bem. Ele discorda e fala que ele não tinha levado pica , e que então eu iria comer ele. Se deitou de bruços na beira da cama, colocou a cabeça na barriga do Tiago abriu bem as pernas e falou , vai tesãozinho mete nesse rabo, eu no tesão que estava, fui me encaixei nele, ele ainda abre bem a bunda, manda eu cuspir no cu dele, cuspi, e ele comandava tudo , vai mete sem dó, de uma vez só, encostei o pau no cu dele e empurrei, ele com as mãos abre a bunda bem aberta, deixado o cu dele bem livre, empurrei e mal estava entrando ele agarra minhas pernas e da um puxão forte,e meu pau entra com tudo, ele da um gemidão e incentiva, assim, com força, vai fode esse cu de macho, fode com força, o Tiago se deliciava,com um sorrisão e me incentivando , vai fode ele, ele ta mandando, fode forte, eu me empolguei e continuei daquele jeito, ele só mandando e gemendo, eu aviso que vou gozar, ele manda eu encher o cu dele de porra, e foi gozei forte e gostoso, ele sai de baixo de mim se deita na cama enfia o dedo no cu e vem com ele melado de porra e lambe os dedos, enfia de novo e leva o dedo na boca do Tiago, que lambe a porra. me puxa para o meio dos dois e ficamos ali deitados uns minutos se lambuzando da porra um do outro, porque ficavam enfiando os dedos no meu cu, e no deles e fazendo aquela lambeção toda. O Paulo mandão como sempre , manda eu ir tomando outro banho, logo depois ele vem com o Tiago e tomam banho tambem, deitamos de novo, ligaram a tv e ficamos assistindo ate adormecermos. Quando acordamos o Paulo avisa que tem que levar o Tiago para a casa dele, e me daria uma carona, ele veste o Tiago, se veste, eu tambem, O Paulo fez um cafe instantaneo para nós . abriu a garagem acomodou o Tiago e me levou ate proximo da minha casa. Nunca mais os vi na boate. uma pena. Dois machos tesudos , safados e sem frescuras.


Seja o primeiro a fazer um comentario nesse conto.
Comente esse conto abaixo

(Numero maximo de caracteres: 400) Você tem caracteres restantes.

Desejo registrar meu vonto junto com o meu comentario:

Outros contos publicados desse mesmo autor
 


Próximo Conto

gostosão ninfomaniaco


Online porn video at mobile phone


big dotados contosfunkeiros gostososcontos eroticos a forcacdzinha contossexo gay com dentistacontos erotricosenrabado pelo tioconto erotico com medicoconto gay uberbig dotados contoscontos gays últimosconto erotico com policialpadres gays transandosalva vidas gostososdei pro meu professorcontos gay ultimocontos erotico por categoriacontos erotico por categoriaconto gay realconto gay realjogadores de futebol gostososme comeram no onibuscontos gays últimoscontos gay ultimos contosultimos contos gayconto erotico gay com fotosultimos contos gayconto erotico no tremme pegaram batendo punhetacontos crossdresscontos eroticos a forcacontos shemalecadeirante pauzudofunkeiro de pau durosalva vidas gostososjogadores de futebol gostososconto erotico no tremcontos crossdresscontos eroticos crossdresserconto gay irmaocontos gays últimosnegao gordo gaycontos gay ultimos contosconto gay medicocomendo meu enteadopadres gays transandocontos gay ultimoscontos eroticos gay primeira vezconto erotico no tremconto gay cunhadourso passivoconto erotico dentistacontos gay familiacontos gay zoofiliacontos eroticos gay ultimosbig dotados contoscontos eróticos crossdressercontos eróticos gay 2015contos de amor gaycontos gays últimoscontos eroticos bissexuaisprimeira chupadaconto erotico gay realcontos de crosdressersalva vidas gostososfodasse meu irmaocontos eróticos bissexuaiscontos eróticos gay 2015contos eroticos bissexuaiscontos eroticos meu cunhadogay ruivoconto erotico com padrastomrpr2contos eroticos tio e sobrinhome comeram no onibuscontos gay ultimoscontos eroticos cdzinhascontos gay ultimosconto heterojogadores de futebol gostososultimos contos eróticos gayscontos eroticos gay 2015contos glscontos crossdressingcontos eroticos gay primeira vezcontos de amor gaysalva vidas gostososcontos eroticos pedreirosfodasse meu irmaoconto gay virgemcontos eroticos incestos gaycontos eroticos gay 2015cadeirante pauzudosexo gay com porteirocontos eroticos gay papaicontos eróticos bissexuaisconto erotico no trempapaku contosfunkeiros gostosos