O novinho virgem da Igreja Cristã do Brasil me comeu


BY: thiagotdb19 Meu nome é Thiago, esse é meu primeiro conto, espero que gostem. Sou moreno, corpo normal, 1.76 de altura, e 76 kg, cabelos pretos e bastante discreto.
O que vou relatar aconteceu no final de semana passado. Fui convidado pra ir visitar uma família de amigos em uma cidade aqui próximo. Essa família é toda religiosa, são membros da Congregação Cristã do Brasil. Chegando lá tudo normal e estava também presente o Pedrinho que é sobrinho do dono da casa. Pedrinho é um rapaz que vai completar 18 anos mês que vem, moreno claro, cabelos pretos, magro, um cara bastante calado e educado. Ele foi criado dentro da doutrina da Cristã do Brasil. Já o conhecia antes e por esse motivo sabia que ele era virgem e estava guardando sua virgindade para sua esposa que será uma menina da igreja que Deus irá providenciar.
Ocorre que na hora de dormi, me colocaram no mesmo quarto que Pedrinho, pois tinha duas camas de solteiro. Ficamos conversando um pouco antes de dormir, ele me falou um pouco da igreja e me convidou pra visitar o culto da mocidade que seria no dia seguinte. Agradeci pelo convite e falei que iria dormir, pois estava cansado. Antes de dormir alertei a ele que eu tenho um sono pesado e que ronco muito durante a noite, e que se isso acontecesse que ele poderia me balançar que mudaria de posição sem acordar, pois tenho sono pesado. E assim foi, deitei e ele ficou ajoelhado na beira da sua cama orando por um bom tempo.
Durante a noite ouço Pedrinho me chamando, como não estava com paciência pra conversar com ele fiz que estava dormindo e fingir que estava roncando.
Pedrinho levantou da sua cama e veio até a minha e me chamou novamente, agora me balançando o ombro, não abri os olhos e continuei fingindo que estava dormindo. Ele para por alguns minutos, de repente sinto Pedrinho tocando na minha bunda de leve com as pontas dos dedos, eu estava deitado de lado de costas pra ele. Nisso meu coração acelera, Pedrinho para e me chama mais uma vez, como não acordo ele volta a alisar minha bunda, ele estava muito nervoso, suas mãos tremiam muito. Depois de alguns minutos ele tenta abaixar meu short, e faz isso com muito cuidado para eu não acordar, depois ele abaixa minha cueca na parte de trás e fica alisando minha bunda. Meu coração tava a mil por hora, sentia que ele tremia muito, suas mãos estavam geladas. Depois de muito alisar minha bunda ele deita atrás de mim com muito cuidado ficando de conchinha comigo. Ele tremia muito, sentia a cama tremer com o nervosismo dele.
Pedrinho ficou atrás de mim passando o pau na minha bunda, ele ainda com roupa, depois ele tirou o pau pra fora e ficou pincelando no meu rego. Ele estava com muito tesão, pois seu pau começou a melar todo o meu rego e meu cuzinho. Ele começou fazer movimentos de vai e vem sem penetrar. sentir que ele acelerou os movimentos e iria gozar, eu estava com muito tesão e não queria que acabace ali, então decidir me virar de vez, Pedrinho levou o maior susto e tentou levantar da cama rapidamente, nesse momento segurei sua mão e o puxei para a posição que estávamos antes, de conchinha, ele ainda tentava levantar da cama, mesmo deitado de lado e de costas pra ele, levei minha mão até seu pau e percebi ele o pau dele tinha caído com o susto, então levantei da cama e tirei minha roupa, mas ele continuava imóvel sem olhar pra mim, abaixei e comecei passar a língua na sua virilha e fui descendo até o seu pau. Passei a língua na cabeça do seu pau e depois abocanhei tudo de uma vez, seu pau deveria ter uns 19cm e tinha uma cabeça grande, era um pua relativamente grosso. Fiquei chupando até sentir o pau de Pedrinho crescendo dentro da minha boca e voltando a ficar duro igual uma pedra.
Pedrinho começou a gemer baixinho com a minha chupada, depois ele segurou minha cabeça e começou a fuder minha boca.
Depois de deixar o pau dele bem duro e molhado voltei para a posição de conchinha e ele ficou me abraçando por trás e esfregando o pau na minha bunda. Ele pegou o pau e ficou passando a cabeça na entrada do meu cuzinho, que nesse momento já estava todo melado do com seus pré gozo, não aguentei e cada vez que ele passava a cabeça da pica no meu cú eu forçava minha bunda pra trás, até que em um determinado momento a cabeça entrou, ele ficou parando uns segundos depois começou a enfiar o restante da pica e iniciando um movimento de vai e vem.
Pedrinho me abraçou forte e começou a gemer no meu ouvido, fui ao delírio com os seus gemidos, meu tesão tava a mil, sem aguentar comecei a gozar sem tocar no meu pau, Pedrinho também começou a gozar no meu cuzinho e gemendo bem baixinho no meu ouvido.
Depois que gozou Pedrinho levantou sem dizer uma palavra e foi ao banheiro, depois ele voltou e deitou na sua cama. Ele deitou e embrulhou de pés a cabeça. Percebi que Pedrinho tava chorando, fiquei sem reação de falar alguma coisa pra ele.
Acabei pegando no sono, quando acordo de manhã ele não estava mais no quarto, Ele levantou cedo e foi para o culto da mocidade, o pessoal da casa estranhou ele ter ido tão cedo para a igreja aquela manhã.
Depois do almoço voltei para minha cidade e estou ansioso pra ver o Pedrinho novamente.
Foto 1 do conto: O novinho virgem da Igreja Cristã do Brasil me comeu

Foto 2 do Conto: O novinho virgem da Igreja Cristã do Brasil me comeu



Seja o primeiro a fazer um comentario nesse conto.
Comente esse conto abaixo

(Numero maximo de caracteres: 400) Você tem caracteres restantes.

Desejo registrar meu vonto junto com o meu comentario:

 


Próximo Conto

Virei uma putinha (Parte 2)


Online porn video at mobile phone


contos eroticos tio e sobrinhocontos eroticos troca trocatravesti patycontos eroticos pai e filho gayconto erotico dentistacontos gays sitegay de calsinhacontos gay amigocontos glsconto gay mendigoconto erotico gay ubersexo gay em baile funkgay de calsinhacontos eroticos com primosenrabado pelo tiopapai me comeu gayabricó gayultimos contos eróticos gayconto gay mendigoencoxadoscontos crossdressingcontos bissexuaischupando meu amigo heteroconto gay padredando pro chefe gayraffa_kacontos eróticos gay 2015contos gays últimoscontos eroticos tio e sobrinhofunkeiro de pau durodando pro chefe gaycarteiro gayenrabado pelo tiofodasse meu irmãocontos crossdressingcontos eroticos gay 2015contos gay últimosconto gay mendigocontos eroticos de pai e filhoultimos contos gayconto erotico com padrastofodasse meu irmaocontos eroticos troca trocacontos gay amigoscrossdresser uolcontos eroticos a forcaconto crossdressercontos eróticos gay 2016padres gostososconto erotico gay realúltimos contos gaysfunkeiros gostososme comeram no onibuscontos eroticos gay 2015conto erotico com medicofodasse meu irmaoultimos contos eróticos gayscontos crossdressingcdzinha contospadres gays transandopadres gostososcontos gay ultimosconto erotico gay caminhoneirofodasse meu irmaourso passivocontos eroticos tio e sobrinhocontos gay caminhoneironegao gordo gaycontos gay ultimocontos eróticos gay famíliacontos gay onibuscontos romanticos gaysconto gay padregay de calsinhaconto erotico no tremcontos eróticos gay ultimosgay chupando caminhoneirocontos bissexualbig dotados contoscontos gays 2016conto heteroúltimos contos gaycontos gays 2016conto gay padreme comeram no onibuscontos eroticos gay ultimosconto erotico com padrastoencoxada gay no onibuscontos eróticos crossdresserfodasse meu irmãocontos eróticos gay família